Surgida em meados da década de 1970, com a ideia de injetar vida e cores nos ambientes, a laca ainda hoje é um dos acabamentos mais utilizados em móveis de madeira. Normalmente associada à sofisticação, seja na versão brilhante ou fosca, a laca é marcada pela versatilidade. Com uma infinidade de tons, criados a partir de cores primárias, e estilos de móveis em que pode ser aplicada, a laca se destaca em qualquer ambiente.

  • Nas linhas de sala de jantar, escrivaninhas, aparadores e mesas de escritório, o vidro pintado no tampo é um ótimo recurso para proteger a peça e melhorar sua funcionalidade no dia a dia. Derramou vinho na mesa? Se ela tiver um vidro, fique tranquilo que a bebida não vai manchar a laca.

O que é laca? Quais as vantagens? Quanto custa?

A laca, também conhecida como tinta automotiva ou poliuretano, é um pigmento que tem a função de selar as superfícies de diferentes materiais, desde que sejam sem imperfeições, lisas. Por isso a maior dica antes de fazer a aplicação de laca é lixar muito bem os móveis, se forem de madeira, por exemplo, para eliminar falhas na estrutura. A laca fará o restante do “serviço”, preenchendo as irregularidades da peça.

O nome correto deste material é laminado melamínico, porém ele ficou conhecido pelo nome do fabricante. Consiste em múltiplas camadas – sendo que a base é papel kraft e a cobertura é um papel decorativo – impregnadas com resina melamínica e prensadas em um processo chamado de alta pressão. Indicada para móveis, pisos e até paredes, a formica é resistente à umidade, manchas, impactos e riscos. O uso da resina faz com que o acabamento seja levemente brilhante. Além disso, é possível escolher cores e texturas que imitam pedra e madeira.

Os móveis, cujo acabamento é feito com laca, têm um aspecto sofisticado. Assim, o rack da sala de estar e até mesmo o aparador da sala de jantar podem trazer modernidade e descontração ao ambiente, especialmente, para quem opta por móveis coloridos. Os acabamentos em laca podem ser foscos e de alto brilho (que voltou a ser tendência) e a tinta utilizada no processo é a mesma para pintar carros. A laca é uma ótima opção para quem quer reformar uma estante, cadeira, escrivaninha ou criado-mudo antigos.

Os móveis cujo acabamento é feito de laca, além de arranharem com mais facilidade, são mais caros e requerem cuidados. A manutenção é especial: deve ser feita com cera automotiva. Álcool e outros produtos abrasivos podem causar defeitos no acabamento. Já a fórmica deve ser aplicada com cuidado, pois, diferentemente da laca, são necessárias emendas deste revestimento nas laterais dos móveis. O ideal é que o marceneiro deixe quase imperceptíveis essas emendas para que o móvel fique bonito.